dicas

Copiando a imagem das atividades Para copiar ou salvar as imagens das atividades siga os seguintes passos: 1- Clique sobre a imagem com o botão direito do mouse. 2- Irá aparecer uma caixa, clique em exibir imagem. 3- A imagem será ampliada, clique novamente sobre ela com o botão direito do mouse. 4- Irá aparecer uma nova caixa, clique em copiar a imagem ou salvar como. 5- Se copiar a imagem cole no Word. 6- Se salvar como, escolha um local no seu computador e salve.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Atividades de matemática

domingo, 29 de abril de 2012

O Macaquinho Carinhoso Toda noite o macaquinho passava para a cama do pai e ficava mexendo, pulando, dando chute, e não deixava o pai dormir. Então, o pai perguntava para ele: __Por que você passa toda noite para minha cama? __Porque sinto frio. O pai cobriu com o lençol, a colcha e o cobertor e o macaquinho ficou muitas noites sem passar para sua cama. De repente, lá estava o macaquinho outra vez.E dava chute e não deixava o pai dormir. O pai quis saber: __Por que você passa toda noite para minha cama? __Porque tenho fome. E o pai dava mamadeira e ele ficava muitos dias sem incomodar o pai. (...) Em poucos dias, lá estava ele. E quando o pai perguntava um dia era de vontade de fazer xixi, outro dia era medo, no outro era porque o berço estava apertado. E tudo o pai resolvia. E sempre o macaquinho estava de volta. Até que um dia o macaquinho resolveu falar claro: __Eu quero ficar na sua cama porque fico com saudades de você. E o pai entendeu, e o macaquinho o abraçou e o beijou. E daí para frente, não passou mais para a cama do pai, porque brincavam juntos e o pai tinha tempo para ele. Ronaldo Simões Coelho Responda: 1) Quais as desculpas que o macaquinho dava para ir para a cama do pai? 2) Qual era o verdadeiro motivo que levava o macaquinho a querer estar com o pai?

domingo, 22 de abril de 2012

probleminha 2º/3°anos


Atividades de matemática 2° e 3º anos gráfico

sábado, 7 de abril de 2012

Avaliação de Problemas matemáticos - 4º e 5º anos

1) Um auditório possui 23 filas com 25 assentos em cada fila. E mais uma fila com 20 assentos. Já foram vendidos 420 ingressos para um espetáculo nesse auditório. Com base nisso responda: I. Quantos ingressos ainda estão à venda? a) 155 b) 80 c) 175 d) 40 II. Em uma fila de 25 assentos foram arrecadados R$ 1.250,00. Nessas condições quanto custa cada ingresso? a) R$ 48,00 b) R$ 50,00 c) R$ 25,00 d) R$ 65,00 III. Se forem vendidos todos os ingressos, qual será a renda arrecadada? a) R$ 29.750,00 b) R$ 2.975,00 c) R$ 28.750,00 d) R$ 2.875,00 2). Dona Zélia vai colocar carpete no chão da sala. A sala é quadrada, com lados de 5 metros. Cada metro quadrado de carpete custa R$ 22,00. Quanto Dona Zélia gastará? a) R$ 565,00 b) R$ 225,00 c) R$ 220,00 d) R$ 550,00 3. Complete o espaço vazio usando o símbolo correto: m, cm ou mm. a) A altura da mesa é de 63 ____________ b) O prédio onde moro tem 28 ______________ c) A agulha de injeção tem 32 ____________ de comprimento d) A circunferência da minha cintura é de 80 ______________ Read more: http://paraisodosprofessores.blogspot.com/#ixzz1rMV8w2ly

segunda-feira, 2 de abril de 2012

passatempo com pontos cardeais

O galo que logrou a raposa com interpretação textual

O GALO QUE LOGROU A RAPOSA

Um velho galo matreiro, percebendo a aproximação da raposa, empoleirou-se numa árvore. A raposa desapontada, murmurou consigo: "Deixe estar, seu malandro, que já te curo..." Em voz alta:
- Amigo, venho contar uma grande novidade: acabou-se a guerra entre os animais. Lobo e cordeiro, gavião e pinto, onça e veado, raposa e galinhas, todos os bichos andam agora aos beijos, como namorados. Desça desse poleiro e venha receber o meu abraço de paz e amor.
- Muito bem! - exclama o galo. - Não imagina como tal notícia me alegra! Que beleza vai ficar o mundo, limpo de guerras, crueldade e traições! Vou já descer para abraçar a amiga raposa, mas... Como lá vem vindo três cachorros, acho bom esperá-los, para que também eles tomem parte na confraternização.
Ao ouvir falar em cachorro Dona Raposa não quis saber de história, e tratou de pôr-se ao fresco, dizendo:
- Infelizmente, amigo, tenho pressa e não posso esperar pelos amigos cães. Fica para a outra vez a festa, sim? Até logo.
E raspou-se. "Contra esperteza, esperteza e meia".

"(Monteiro Lobato do livro Fábulas e Historias diversas ) "

ATIVIDADES:
1 – Na frase: “E raspou-se”. Entende-se que o personagem:
(A) saiu correndo. (C) foi embora devagar.
(B) raspou a mesa. (D) sentou-se no tronco.

2 – O tema do texto é que o galo:
(A) bicou a raposa. (B) logrou a raposa.
(C) recebeu a raposa. (D) casou com a raposa.

3 – Para fugir da raposa, o galo foi empoleirar-se:
(A) num tronco. (C) numa árvore.
(B) num poleiro. (D) num galo quebrado.

4 – A raposa resolveu desistir da confraternização com o galo, porque ela:
(A) tem medo de cachorros.
(B) ficou com medo do galo.
(C) ficou com raiva do galo.
(D) lembrou que tinha outro compromisso.

5 – Na frase “Um velo galo matreiro”, a palavra grifada significa:

(A) atrevido. (B) asqueroso.
(C) astuto. (D) mavaldo.

6 – No texto, a opinião do autor é que a raposa é um animal:

(A) dorminhoco. (B) esperto.
(C) lento. (D) preguiçoso.

7 – o texto é um exemplo do gênero:

(A) carta. (B) convite.
(C) fábula. (D) receita.

8 – O texto tem por finalidade dar:

(A) uma idéia. (B) os parabéns.
(C) uma informação. (D) uma lição de moral.

9 – De acordo com a imagem, o galo demonstra:
(A) acreditar na proposta da raposa.
(B) que ele vai descer para abraça-la.
(C) não acreditar na proposta da raposa.
(D) que ele já estava lá quando a raposa apareceu.

10 – O modo como o galo recebeu a notícia dada pela raposa ao pedir um abraço de paz foi:
(A) alegremente. (B) animadamente.
(C) apressadamente. (D) tristemente.

11 – O galo recebeu a raposa empoleirado na árvore para:
(A) sentir seguro. (B) cantar mais alto.
(C) ficar mais imponente. (D) bicar os frutos da árvore.

12 – No trecho “... para que eles também tomem parte da confraternização...”, a palavra grifada se refere a:
(A) lobo e cordeiro. (B) onça e veado. (C) raposa e galinha. (D) três cachorros.

13 – O que deu origem aos fatos narrados nesse texto foi a esperteza:
(A) do galo. (B) da raposa. (C) do narrador. (D) do galo e da raposa.

14 – O que causa o humor presente no texto é a:
(A) chegada dos cães.
(B) novidade contada pela raposa.
(C) subida do galo na árvore.
(D) raposa desculpar-se fingindo pressa.

15 – No trecho “... Deixe estar, seu malandro, que já te curo!...”, as aspas são usadas para marcar:
(A) um diálogo.
(B) a fala de alguém.
(C) o desapontamento de alguém.
(D) o desejo de falar de alguém.

16 – Quem narra o texto é:
(A) o galo. (B) o narrador.
(C) a raposa. (D) a raposa e o galo.

retirado do blog http://wagnerpoeta.blogspot.com.br/

domingo, 1 de abril de 2012

Mafalda- Interpretação de tirinha


1º) No primeiro quadrinho, o pai de Mafalda está lendo uma notícia no jornal. Nessa notícia aparecem as palavras goleiro, árbitro, falta. Por essas palavras você já pode saber qual é o assunto geral da notícia.

Qual é a notícia?
Marque a opção que responde à pergunta feita:
a) ( ) política b) ( ) futebol c) ( ) música d) ( ) previsão do tempo

2º) Por que o pai de Mafalda ficou tão furioso com a notícia que estava lendo?
___________________________________________________________________________

3º) Por que Mafalda foi ler o jornal, logo depois que seu pai o jogou no chão?
____________________________________________________________________

4º) Que notícia Mafalda pensou que fizera seu pai ficar furioso?
____________________________________________________________________



5º) Mafalda e deu pai leram os mesmos assuntos no jornal?
____________________________________________________________________

6º) Observe como o pai de Mafalda foi desenhado no último quadrinho.
A - O que ele parece estar sentindo?

____________________________________________________________________

B) Por que ele está sentindo isso?

____________________________________________________________________



7º) Pontue o diálogo com - . , : ?

Mafalda perguntou ao pai ( )
( ) Papai ( ) o que o senhor está lendo ( )
O pai respondeu ( )
( ) Estou lendo as notícias do jornal( )

interpretação de tirinhas


1º) Os personagens da tirinha são:

( ) Cascão, Pinóquio e o rio.
( ) Cascão e Pinóquio.
( ) Pinóquio e Cebolinha.


2º) O cenário da história é:

( ) uma praça.
( ) uma cidade.
( ) às margens de um rio.


3º) Responda.

a) Qual foi o pedido que Cascão fez a Pinóquio?

_________________________________________________________________


b) Por que motivo ele faz esse pedido?

_________________________________________________________________

Fábula A onça e o macaco de Beth Coelho

A onça tinha um desejo: pegar o macaco.
Por isso, imaginou um plano para realizar seu sonho.
O que será que ela fez?
Um dia, a onça teve uma idéia:
- Vou me fingir de morta e aí então...
Num instante, se espalhou a notícia da morte da onça.
Todos os bichos vieram ver a onça de canela esticada: o cavalo, a capivara, a cabra, o coelho, todos que vocês se lembrarem. Não faltou nenhum.
O macaco foi o último a chegar.
Espiou da porta e, sem entrar, disse assim:
- Coitada da onça! Tão jovem e já defunta. Por falar nisso, ela já espirrou?
O bode respondeu:
- Ainda não.
- Pois minha avó quando morreu deu três espirros – explicou o macaco.
Ouvindo isto, a onça, sem demora, espirrou:
- Atchim! Atchim! Atchim!
O macaco deu uma gargalhada:
- Onde já se viu defunto espirrar?
Foi um corre-corre, afasta-afasta, um espalha- pêlo, espalha-pena, que todos começaram a espirrar também:
- Atchim! Atchim! Atchim!
E o macaco, do alto da jaqueira, gritou:
- Saúde!
Acharam tão engraçado, que a confusão acabou em brincadeira e cada qual saiu por aí contando a história a sua maneira:
- Foi assim... Foi assado...
Pois é, minha gente, só que dessa vez a onça não pegou o macaco.
Betty Coelho Silva


Vocabulário:
Defunta: morta


ATIVIDADES


1º) Qual era a intenção da onça ao fingir-se de morta?


2º) O macaco acreditou na morte da onça?


3º) O macaco perguntou se a onça já havia espirrado.


4º) Em sua opinião, por que ele fez isso?


5º) Por que a onça espirrou?


6º) Complete a frase com a opção correta.

O espirro da onça demonstrou que:

( ) ela estava conseguindo enganar o macaco.
( ) o macaco estava conseguindo enganá-la.
( ) ela era alérgica a macaco.


7º) Assinale o provérbio que melhor se relaciona à história A onça e o macaco.

( ) Antes tarde do que nunca.
( ) Cada macaco no seu galho.
( ) O feitiço virou contra o feiticeiro.
( ) Onde há fumaça, há fogo.
( ) Quem não chora, não mama.

8º) Na sua opinião, o texto "A onça e o macaco" é:
( ) chato
( ) triste
( ) engraçado
( )alegre


9º) Leia a expressão:

“A onça morreu de raiva”.

O que significa para você a expressão acima? O que você entendeu?


10º) Relacione a 2ª coluna de acordo com a 1ª:

( 1 ) morrer de amores ( ) rir muito
( 2 ) morrer de pena ( ) desejar muito o que é dos outros
( 3 ) morrer de inveja ( ) ter muito medo
( 4 ) morrer de medo ( ) estar com muita fome
( 5 ) morrer de fome ( ) gostar muito de alguém
( 6 ) morrer de rir ( ) estar com muito dó de alguém


11º) Coloque em ordem alfabética:
onça – macaco – engraçado – ouvindo – coitada – espiou

A cegonha e a raposa com interpretação textual

Um belo dia, a raposa estava acabando de temperar a sua deliciosa sopa e pensou em convidar alguém da vizinhança para jantar com ela. O leão, o gato, o cachorro...
- Não! - disse para si mesma.
- São muito comilões, esganados, vão acabar com toda
a minha sopa.
Resolveu, então, chamar a cegonha, que se sentiu
muito envaidecida com o convite.
E lá estava ela no dia e horário marcados, com sua
melhor e mais bonita roupa.
- Que cheirinho apetitoso! Todos comentam que a
senhora é excelente cozinheira!
“Hum, não estou gostando nada dessa conversa, ela vai acabar com a minha sopa, pensou a raposa”.
A raposa muito astuta, começou a arrumar a mesa, colocando somente pratos bem rasos, e serviu o jantar.
A raposa lambeu toda a sopa do prato, e a cegonha, com seu bico comprido, bicava, bicava e nada de conseguir comer.

A cegonha ficou envergonhada e muito brava, mas não perdeu a compostura, agradeceu e educadamente convidou a raposa para jantar em sua casa no dia seguinte.
Preparou uma saborosa refeição e, quando arrumou a mesa, escolheu os jarros mais compridos e finos que tinha, só para poder se vingar.
Quando a raposa chegou, disfarçava sua fome elogiando o perfume da comida da cegonha. Mas na hora do jantar... a cegonha enfiou o bico no jarro e comeu toda.
A raposa coitada... teve de se contentar com as poucas migalhas que caíam. comida.


Fábula recontada, a partir de Esopo.

Moral da História: Não faça para os outros aquilo que não quer que façam a você mesmo.



VOCABULÁRIO

Envaidecida - Cheia de vaidade.
Apetitoso – Gostoso, saboroso.
Astuta – Esperta.
Compostura – Boas maneiras.
BUSCA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.


Leia, pense e pinte as respostas no texto antes de escrever suas respostas.


RESPONDA COM FRASES COMPLETAS.


1º) Porque a raposa não quis convidar o leão, o gato, o cachorro para jantar em sua casa?
_____________________________________________________________________


2º) Porque a raposa serviu o jantar para a cegonha num prato raso?
_____________________________________________________________________



3º) Porque a cegonha saiu com vergonha e muito brava da casa da raposa?
_____________________________________________________________________



4º) Porque a cegonha serviu o jantar para a raposa num jarro comprido e fino?
_____________________________________________________________________



5º) Você concorda com o moral da História? Por quê?
_____________________________________________________________________



ORTOGRAFIA E GRAMÁTICA.

1º) Procure no texto e escreva abaixo cinco substantivos comuns.
_____________________________________________________________________


2º) Complete com os artigos necessários e depois dê um adjetivo para cada animal.

___ raposa _____________________________

___ leões ______________________________

___ cegonhas ___________________________

___ cachorro ____________________________


3º) Observe a tabela e complete com o grau normal, grau diminutivo ou grau aumentativo .

NORMAL
AUMENTATIVO
DIMINUTIVO
boca



naviarra



chapeuzinho
casa



chapelão



4º) Se você fosse batizar a cegonha e a raposa que nomes (substantivos próprios) daria para elas?

cegonha - _______________________

raposa - _______________________


5º) Separe as palavras em sílabas.

raposa _________________________________________________

jarros __________________________________________________

cachorro ________________________________________________

leão ____________________________________________________

passarinhos ______________________________________________

pratinhos ________________________________________________

Novos desafios matemáticos


Google+ Followers