dicas

Copiando a imagem das atividades Para copiar ou salvar as imagens das atividades siga os seguintes passos: 1- Clique sobre a imagem com o botão direito do mouse. 2- Irá aparecer uma caixa, clique em exibir imagem. 3- A imagem será ampliada, clique novamente sobre ela com o botão direito do mouse. 4- Irá aparecer uma nova caixa, clique em copiar a imagem ou salvar como. 5- Se copiar a imagem cole no Word. 6- Se salvar como, escolha um local no seu computador e salve.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Atividades festa junina ( Desafios, quadrilhas, músicas)


DESAFIO- COMPADRE  MALAQUIAS

                               
O  COMPADRE  MALAQUIAS
ME  RESPONDA  SEM  PENSA
PURQUI É  QUI  OCE  TEM
ESSE  CHEIRO  DE  GAMBÁ

EU  TO  COM  CHERO  DANADO
OCÊ  TEM  TODA  RAZÃO
PUIS  PEGUEI  ESSE  CHERINHO
DO  GAMBÁ  DO  SEU  IRMÃO

SI  MEU  IRMÃO  É  GAMBÁ
TENHO  DELE  MUITO  DÓ
FOI  SÓ  DEPOIS  QUI  MORO
NA  CASA  DA  TUA  VÓ

PUR  FAVOR  CARO  CUMPADRE
NUM  MECHA  CA  MINHA  VÓ
CUIDE   BEM  DA  TUA  IRMÃ
QUI  TEM  UMA  PERNA  SÓ .

SI  ELA  PERDEU  A  PERNA
OCE  SABE ,  OCE  VIU ?
INFRAMÔ  CA  MORDIDA
QUE  ELA  LEVO  DO  CACHORRO
DO  SEU  TIU.

ELE  PERDEU  A   PERNA
E  O  CUITADO  A DENTADURA
POIS  PENSO QUI  TAVA  MORDENO
A  PERNA  DUMA   SARACURA.

O”  CUMPADRE  É  BOM  NOIS  PARÁ
DE  PONHA  A  FAMIA  NO  MEIO
OS  OUTRO  PODI  ACREDITA
PÁ  NOIS  FICA  MUITO  FEIO.

VAMO  PARA  DE  BRIGA
O  CUMPADRE  TEM  RAZÃO
VÔ  TE  DAR  UM  ABRAÇO, APERTADO
DO  FUNDO  DO  MEU  CORAÇÃO .
                                                                                                  Joinha e Vera Galvão 
____________________________________





REPENTE 


PRIMEIRO  VERSO QUE  EU  FAÇO
ATRAVÉS  DO  MEU  REPENTE
MEU  BOA  NOITE  MEU  ABRAÇO
PRA  TODOS  QUE  ESTÃO  PRESENTES

EU  TAMBÉM  CANTO SAUDANDO
OS  MENINOS E  AS  MENINAS
QUE  ESTÃO  PARTICIPANDO
DA   NOSSA  FESTA  JUNINA

TERMINOU  O  MÊS  DE  JUNHO
QUE  É  UM  MÊS  DE  DIVERSÃO
É  O  MÊS  DE  SANTO  ANTÔNIO
DE  SÃO  PEDRO  E  SÃO  JOÃO

É  O  MÊS  DE  VINHO  QUENTE
DA  PIPOCA  E  DO  QUENTÃO
PRA  NÃO  CAUSAR  ACIDENTES
NÃO  VAMOS  SOLTAR   ROJÃO .

BALÃO  TAMBÉM NÃO  VAI  TER
NO  DIA  DA  NOSSA  FESTA
PORQUE  PODE ACONTECER
DE  INCENDIAR  NOSSAS  FLORESTAS

NÃO  VAMOS  SOLTAR  ROJÃO
NEM  VAMOS  SOLTAR  BOMBINHAS
PODEM  ESTOURAR  NAS  MÃOS
DE  ALGUNS  DOS  COLEGUINHAS

PORTANTO  MEUS  COLEGUINHAS
NOSSO  COMPROMISSO  É  ESSE
VAMOS  FAZER  A  FESTINHA
SEM  BALÃO  E  SEM  FOGUETE.
____________________________________














CASAMENTO  NA  ROÇA

( UMA CRIANÇA  DECLAMA )

MES  DE  JUNHO  LÁ  NA  ROÇA
É  TÃO  CHEIO  DE  ALEGRIA
A  MOÇADA  SE  DIVERTE
TEM  FESTANÇA  TODO  DIA.

AS  MULHERES  FAZEM  OS  QUITUTES
OS  HOMENS  FAZEM  A  FOGUEIRA
E  A  MOÇADA  SE  DIVERTE
COM  UM  MONTÃO  DE  BRINCADEIRAS

TEM  REZA PRA  SANTO  ANTÔNIO
PRA  SÃO  PEDRO  E  SÃO  JOÃO
TODO  MUNDO  FAZ  PROMESSA
PRA  TER  MUITA  ANIMAÇÃO

A  FESTA  VAI  COMEÇAR
VEM  CHEGANDO  MINHA  GENTE
PRA  ASSISTIR  O  CASAMENTO
DA  NHÁ  ZEFA  E    MANÉ  JOÃO

ENTRA O CASAL DE NOIVOS ( NHA ZEFA E MANE  JOÃO )

NOIVO: BAS  NOITE  PRA  OCÊS,
NÓIS VIEMO NO  ARRAIA  FEIJÃO  QUEIMADO  E  TAMO  AQUI  JUNTO  PRA  MODE  PODÊ  CASA .

NOIVA : PRA  MODE  PODÊ  CASA  NOIS  VIEMO    INTÉ   CÁ.

(ENTRA UMA CRIANÇA  E  FALA : )

O  PAI    DELA  É  O  SEVERINO
ELE  É  O  FILHO  DO  CHICO  BENTO
FOI  PRECISO  TRÊS  PROMESSAS
PRA  DAR  CERTO  O  CASAMENTO

ETA  NOIVA  BONITA, ETA  NOIVO  AJEITADO
OS  PAIS  DELES  ESTÃO  DO  LADO
MAIS  NA  FRENTE   ESTÁ   O  PADRE
MAIS  ATRÁS  O  DELEGADO.

  NO  ALTAR  TODO  ENFEITADO
DE  FLORES  E BANDEIRINHAS
VAI  COMEÇA  O  CASAMENTO
__BATE  O  SINO  COROINHA !!!
______________________________

NOIVO: - MAS  QUE  TANTA  COMILANÇA
 ( OLHANDO EM TORNO ). QUE  FESTA  QUE  NÃO  VAI  SER ! VOU  APROVEITAR  DE  VEZ  PRA ENCHER  A  MINHA  PANÇA ( VAI  QUERENDO  SAIR ) .( O PAI  DA  MOÇA  ERGUE  A  ESPINGARDA )

NOIVA : OLHA  AQUI MANE  JOÃO > NADA  DISTO  AGORA, NÃO . VAMO  O  PADRE  ESPERAR  PRA  MODE  PODE  CASA .

NOIVO:  ( TENTA  SAIR  E  IR  ATÉ  AS  COMILANÇAS ) – DESPREOCUPA SINHÁ  ZEFA  QUE  EU  NÃO  VOU  EMBORA, NÃO . EU  VOU  SÓ  ESPIAR  A  FESTA  DE  SÃO  JOÃO. ( A  NOIVA  CORRE  E  SEGURA  O  NOIVO, DE  MANEIRA  ENGRAÇADA  E MANDONA, TRAZ  O  NOIVO  DE  VOLTA  PARA  O  LOCAL  DO  CASAMENTO .)

CHEGA  O  PADRE

– VAMO  LOGO, MINHA  GENTE, QUE  NÃO  POSSO  PERDER  TEMPO . VAMO  CHAMAR O  CASAL . TA  NA  HORA  DO  CASAMENTO .
( REÚNE-SE O CASAL  DE  FRENTE  AO  PADRE )

PADRE ( DIRIGINDO-SE  UM  AO  OUTRO )
– OLHEM  BEM , OCÊS  AÍ , TÃO  DISPOSTO  A  SE  AGÜENTA  ? A  VIDA  TA  CARA  E  DIFÍCIL . CADA  VÊS  E  MAIS  ESTÁ . ( OS  DOIS  FAZEM  QUE  SIM  COM  A  CABEÇA ) SE  GOSTAM  MESMO  UM  DO  OUTRO E  SE  TEM DEVERAS  AMOR , VAMOS  ENTÃO  RELAIZÁ  ESTE  CAMENTO  COM  A  BENÇÃO  DO  NOSSO  SENHOR .

PADRE : NHÁ  ZEFA, CE  CASA   QUESSE  PORQUERA  DO  MANE  JOÃO ?

NHÁ  ZEFA : QUERO  SIM, UAI !!!

PADRE : E  VOIS  MECÊ  MANE  JOÃO , QUÉ CASA  CÔA  NHÁ  ZEFA ?

MANE  JOÃO : NUM  TO  QUERENO  MUITO !
( O PAI  DA  NOIVA  ERGUE  A  ESPINGARDA E  FALA : – COMO É QUE  É ?

MANE  JOÃO( OLHA RÁPIDO  PARA  O  PAI  E  DIZ :  –OH, SE QUERO !!!
PADRE :
– AGORA  JÁ  ESTÃO  CASADOS.
 PODEMOS  COMEMORAR.
VAMOS  PROS  DOCES  E  A  DANÇA .
A FESTA  JÁ  VAI  COMEÇAR
 (  SOLTAR  ROJÕES, ... )

( UMA  CRIANÇA  RECITA )
CHEGOU  O  MANE  SANFONEIRO
E  O  BAILE VAI  CUMEÇÁ
VAMO  DANÇA  A  QUADRILHA
CADA  UM  NO  SEU   LUGÁ .

 

CASAMENTO

MES  DE  JUNHO  LÁ  NA  ROÇA
É  TÃO  CHEIO  DE  ALEGRIA
A  MOÇADA  SE  DIVERTE
TEM  FESTANÇA  TODO  DIA.

AS  MULHERES  FAZEM  OS  QUITUTES
OS  HOMENS  FAZEM  A  FOGUEIRA
E  A  MOÇADA  SE  DIVERTE
COM  UM  MONTÃO  DE  BRINCADEIRAS

TEM  REZA PRA  SANTO  ANTÔNIO
PRA  SÃO  PEDRO  E  SÃO  JOÃO
TODO  MUNDO  FAZ  PROMESSA
PRA  TER  MUITA  ANIMAÇÃO

A  FESTA  VAI  COMEÇAR
VEM  CHEGANDO  MINHA  GENTE
PRA  ASSISTIR  O  CASAMENTO
DA  NHÁ  ZEFA  E  O  ZÉ  VICENTE

O  PAI    DELA  É  O  SEVERINO
ELE  É  O  FILHO  DO  CHICO  BENTO
FOI  PRECISO  TRÊS  PROMESSAS
PRA  DAR  CERTO  O  CASAMENTO

LÁ VEM  O  NOIVO  CÔA  NOIVA
OS  PAIS  DELES  ESTÃO  DO  LADO
MAIS  NA  FRENTE  VEM  O  PADRE
MAIS  ATRIS  O  DELEGADO.

  NO  ALTAR  TODO  ENFEITADO
DE  FLORES  E BANDEIRINHAS
VAI  COMEÇA  O  CASAMENTO
__BATE  O  SINO  COROINHA !!!
______________________________
PADRE : NHÁ  ZEFA, CE  CASA   QUESSE  PORQUERA  DO  ZÉ  VICENTE ?
NHÁ  ZEFA : QUERO  SIM, UAI !!!
PADRE : E  VOIS  MECÊ  ZÉ  VICENTE , QUÉ CASA  CÔA  NHÁ  ZEFA ?
ZE  VICENTE : NUM  TO  QUERENO  MUITO !
PAI  DA  NOIVA  ERGUE  A  ESPINGARDA E  FALA : COMO É QUE  É ?
ZÉ  VICENTE :  OH, SE QUERO !!!
PADRE :
POIS  ENTÃO  TÃO  BEM  CASADO
COM  AMOR  E  CÔA ALEGRIA
MAIS  VAMO  LOGO  PRA  FESTA
QUE  A  BARRIGA  TA  VAZIA !!



A  MESA  ESTÁ  PREPARADA
OS  CUNVIDADO ESTÃO  CHEGANO
O  QUENTÃO  ESTÁ  SERVIDO
O  LEITÃO  ESTA’ ESTURRICANDO.

TEM  PIPOCA TEM  PAMONHA                                   
MILHO  VERDE  COM  FARTURA                              
TEM  CABRITO  E  FRANGO  ASSADO                      
TEM  DOCE  DE  RAPADURA                                      
TEM  TANTA  COISA  GOSTOSA
QUE  A  BARRIGA  QUASE  FURA !!!

CHEGOU  O  MANE  SANFONEIRO
E  O  BAILE  VAI  CUMEÇÁ
VAMO  DANÇA  A  QUADRILHA
CADA  UM  NO  SEU  LUGÁ .
___________________________________________

 

QUADRINHA  PARA O CASAMENTO


MES  DE  JUNHO  LÁ  NA  ROÇA
É  TÃO  CHEIO  DE  ALEGRIA
A  MOÇADA  SE  DIVERTE
TEM  FESTANÇA  TODO  DIA.


AS  MULHERES  FAZEM  OS  QUITUTES
OS  HOMENS  FAZEM  A  FOGUEIRA
E  A  MOÇADA  SE  DIVERTE
COM  UM  MONTÃO  DE  BRINCADEIRAS

TEM  REZA PRA  SANTO  ANTÔNIO
PRA  SÃO  PEDRO  E  SÃO  JOÃO
TODO  MUNDO  FAZ  PROMESSA
PRA  TER  MUITA  ANIMAÇÃO

A  FESTA  VAI  COMEÇAR
VEM  CHEGANDO  MINHA  GENTE
PRA  ASSISTIR  O  CASAMENTO
DA  NHÁ  ZEFA  E  O  ZÉ  VICENTE






QUADRILHA
1- FORMAR  UMA  FILA  COM SEUS   PARES  E  DAR  DUAS VOLTAS ( MARCAR  O  LUGAR  PARA  QUE  AS  CÇAS  NÃO  SE  PERCAM )
2- UM  PAR  PARA  CADA  LADO ( MARCAR   O  LUGAR E O MOMENTO DE ISTO  SE  INICIAR )
3- PREPARAR  PARA  CUMPRIMENTAR  O  PÚBLICO ( DAR UM TEMPO PARA QUE AS  CÇAS VIREM PARA O  PÚBLICO  E FALAR : – CUMPRIMENTAR ,( DAR UM TEMPO) FALAR: AOS SEUS  LUGARES , BAILANDO.
4 CAVALHEIRO  CUMPRIMENTANDO AS DAMAS ( DAR UM TEMPO PARA QUE OS MENINOS FIQUEM DE FRENTE A COMPANHEIRA ) FALAR : CUMPRIMENTAR, AOS  SEUS  LUGARES, BAILANDO
5- DAMAS  CUMPRIMENTANDO  CAVALHEIROS ( FAZER O MESMO )
6- CAVALHEIROS AO CENTRO. DAR UM TEMPO ATÉ QUE TODOS ESTEJAM AO CENTRO. FALAR: CUMPRIMENTAR, AOS  SEUS  LUGARES, BAILANDO .
7- DAMAS  AO  CENTRO ( FAZER O  MESMO )
8- CUMPRIMENTO DE PARES ( TODOS PEGAM NA MÃO E VÃO AO CENTRO ) DAR UM TEMPO.  CUMPRIMENTAR : AS MENINAS DOBRAM JOELHOS  SEGURANDO NA SAIA, OS MENINOS DOBRAM OS JOELHOS TIRANDO O CHAPÉU COM O BRAÇO  ESQUERDO E ACENANDO COM O BRAÇO DIREITO . AOS SEUS  LUGARES . BAILANDO SEMPRE .
9- GALOPE : OS  PARES DANÇAM  TROCANDO O LADO , SEMPRE UM MENINO E UMA MENINA, VÃO ATÉ O CENTRO, SE JUNTAM PARA DANÇAR O GALOPE, VAI ATÉ O FINAL DA FILA E VOLTA NO SEU LUGAR . BAILANDO.
10- DANÇA  CRUZADA : AS  PONTAS  SE  ENCONTRAM (4) E  DANÇAM DEPOIS VOLTAM  AOS  SEUS  LUGARES
11- CADEIRINHA : UM  DE  CADA  LADO ( MENINA E  MENINO ) FAZ  A  CADEIRINHA , DANÇAM, VOLTAM  DE  FRENTE, TROCANDO  LADOS E  ACABAM  VOLTANDO  A  FILA  DE  ANTES . EX : 1  MENINO-DIREITO E A MENINA  ESQUERDA AMBOS  TROCAM , VOLTANDO  DE  FRENTE, TROCANDO  LADOS  ACABAM  VOLTANDO  A  FILA   DE  ANTES .
12- PREPARAR  PARA  A  FOTO : TEM  BASTANTE  FOTÓGRAFOS  AQUI, FAÇAM  UMA  POSE , CAPRICHEM !
13- PASSEIO : FALAR: AGORA  VAI  COMEÇA O PASSEIO, CADA UM COM SEU PAR  DE BRAÇOS DADOS ATÉ FORMAR UMA RODA. BAILANDO . PREPARAR PARA A DANÇA DO TUR
14- DANÇA  DO  TUR – DAMA  NA  FRENTE  DO  CAVALHEIRO, FAZ  TUR, TROCAR , ATÉ  CHEGAR  O  PAR SEMPRE BAILANDO
14- PASSEIO : SEGUE  CADA  PAR  ATRÁS DE  OUTRO  PARA . FAZ  TUR, SEGUE  O  PASSEIO.
15-  CAMINHO  DA  ROÇA : SEGUE O PASSEIO  UM NA FRENTE DO OUTRO,  DAMA SEMPRE NA FRENTE. FALAR : OLHA  A  COBRA ,( AS CRIANÇAS GRITAM, VOLTAM AO CONTRÁRIO E SEGUE O PASSEIO) FALAR:  A  PONTE  QUEBROU, ( AS CRIANÇAS  FALAM  OH 111  E VIRAM  E CONTINUAM O PASSEIO)  FALAR; OLHA  A CHUVA! ( AS CRIANÇAS APENAS REPETEM OH! MAS FAZEM GESTOS DE GUARDA-CHUVA COM AS MÃOS SOBRE A CABEÇA . FALAR: A CHUVA  JÁ  PASSOU. CONTINUAR O PASSEIO, BAILANDO.  VAMOS  SE  PREPARAR  PARA  A  CAPELINHA  DO  AMOR
16- CAPELINHA  DO  AMOR : OS  MENINOS  AJOELHAM-SE  E  ERGUEM  A  MÃO  COM  O  DEDO INDICADOR  E AS  MENINAS  VÃO  PASSANDO   ATÉ  CHEGAREM   NOS  PARES .
17- PASSEIO – FAZ  TUR
PREPARAR PARA O BARQUINHO
18- BARQUINHO
19- PASSEIO –  FAZ TUR
PREPARAR   PARA  O  TUNEL
20- TÚNEL : COMEÇAR O TÚNEL PELO  CASAL  DE  NOIVOS. FALAR  SEMPRE  BAILANDO...
21- PASSEIO-   FAZ  TUR
PREPARAR  PARA  O  CARACOL
22- CARACOL: DAMA  NA  FRENTE  DO CAVALHEIRO- A  NOIVA  COMEÇA E VAI  PUXANDO A FILA  ; DESMANCHAR  O  CARACOL
23- FORMAR  UMA  PEQUENA  RODA
      COROA  DE  ROSAS ( DAMAS NA FRENTE DO CAVALHEIRO DE MÃOS DADAS E OS CAVALHEIROS TAMBÉM FICAM DE MÃOS DADAS. FALAR  : COROAR, AS DAMAS ERGUEM OS BRAÇOS E ENTRELAÇAM COM OS CAVALHEIROS. FALAR: PARA A DIREITA, DEVAGAR, PARA A ESQUERDA.. DESCOROAR)
      COROA  DE  ESPINHO ( MENINOS  AO  CENTRO, FAZER O MESMO ...)
24- PASSEIO  -  FAZ  TUR
25- FORMAR  UMA  GRANDE  RODA
       DANÇA  DOS  NOIVOS
       PAIS  DA  NOIVA
       PAIS  DO  NOIVO
      PADRINHOS : TODOS  COM  SEU  PAR , CADA  UM  COM  SEU  PAR
26- PASSEIO  DA DESPEDIDA
  VIVA  SÃO  JOÃO
  VIVA  SÃO  PEDRO
  VIVA  AS  CRIANÇAS  ....


 atividades cedidas pela minha coordenadora Vera Galvão

PROVA BRASIL PORTUGUES













prova Brasil





sábado, 25 de junho de 2011

interpretação de história em quadrinhos O Vendedor



(LAERTE. Classificados. São Paulo: Devir, 2001. p.6)
1. Nos dois primeiros quadros da tira, percebe-se que o menino
(A) aceita logo a oferta do homem.
(B) discute o preço das balas com o homem.
(C) negocia o preço da sua mercadoria.
(D) oferece a sua mercadoria aos gritos.
2. O recurso utilizado na tira para apresentar a fala dos personagens é
(A) o gesto.
(B) a cor.
(C) o tipo de letra.
(D) o balão.

3. A fala do menino, no último quadro da tira, sugere
(A) aborrecimento.
(B) bondade.
(C) preconceito.
(D) inveja.

4. No segundo quadro da tira, a fala do menino marcada com um duplo ponto de
exclamação, reforça
(A) a irritação com o trabalho.
(B) o desinteresse pela venda.
(C) o apelo para vender.
(D) a pressa em vender.
5. Em “Não trabalho com pedestre”, o termo destacado refere-se a pessoas que
(A) andam de ônibus.
(B) caminham a pé.
(C) passeiam de bicicleta.
(D) viajam de carro.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Mais desafio junino...




Brincadeiras para festa junina


Brincadeiras Para Festa Junina


Boliche : Os pinos são feitos com latas vazias de refrigerante ou de batatas fritas, encapadas com papel colorido. Faz-se uma linha de arremesso a cerca de 2 metros de distância. A bola deve arrastar no chão até atingir os pinos. Cada participante pode fazer três tentativas. O coordenador anota o número de pinos derrubados em cada tentativa. Vence quem derrubar mais pinos.
Cadeia: Escolhe-se um local isolado ou cercado por cadeiras, para ser a cadeia. Nomeia-se (ou sorteia-se) um delegado e seus ajudantes. O preso vai até a cadeia e, paga uma prenda (mostra uma habilidade), para ser solto, que pode ser: cantar, recitar, dançar, fazer uma imitação, etc. Se houver um palco com microfone, a cadeia pode ser colocada num canto dele. E a prenda, ao ser paga diante do microfone, será vista por todos da festa.
Corrida do milho: Traçam-se duas linhas paralelas e distantes. Atrás de uma das linhas, coloca-se uma bacia com grãos de milho. Atrás da outra linha, os participantes são reunidos aos pares – um deles segura uma colher e o outro um copo descartável. Dado o sinal, os participantes com a colher correm até a bacia. Enchem a colher com milho e voltam para a linha de largada. Lá chegando, colocam o milho no copo que seu companheiro segura. Vence a dupla que primeiro encher o copinho com milho.

Corrida do ovo na colher: Marca-se um local de partida e outro de chegada. Cada corredor deve segurar com uma das mãos (ou a boca) uma colher com um ovo cozido em cima. Vence quem chegar primeiro ao local de chegada, sem derrubar o ovo. Se quiser variar, substitua o ovo cozido por batata ou limão.
Corrida do Saci ou Corrida dos sapatos: Traçam-se duas linhas paralelas e distantes. Na primeira linha, os corredores tiram os sapatos, que são levados para trás da outra linha, onde são misturados. Dado o sinal, eles devem sair pulando com o pé esquerdo até a outra linha. Depois de calçar seus sapatos, devem retornar, pulando com o pé direito. Vence quem chegar primeiro ao local de chegada, estando calçado de modo correto.
Corrida do saco: Marca-se um local de partida e outro de chegada. Cada corredor deve colocar as pernas dentro de um saco grande de pano e segurá-lo com ambas as mãos na altura da cintura. Dado o sinal, saem pulando com os dois pés juntos. Vence quem chegar primeiro ao local de chegada. Nota: Para substituir o saco de pano pelo de plástico (grosso) de lixo, que é mais escorregadio, é preciso testar o local da corrida com antecedência.
Corrida dos pés amarrados: Marca-se um local de partida e outro de chegada. Os participantes são reunidos em duplas. Com uma fita, o tornozelo direito de um é amarrado ao tornozelo esquerdo de seu par. Dado o sinal, as duplas participantes devem correr até a chegada. Vence a dupla que chegar primeiro

Dança da laranja: Formam-se alguns casais para a dança. Uma laranja é colocada entre as testas de cada par. Os casais devem dançar, sem tocar na laranja com as mãos. Se a laranja cair no chão, o casal é desclassificado. A música prossegue até que fique só um casal.
Dança das cadeiras: Forma-se um círculo com tantas cadeiras quantos forem os participantes menos uma. Os assentos ficam voltados para fora. Coloca-se música e todos dançam em volta das cadeiras. Quando a música parar, cada um deve sentar numa cadeira. Um participante vai sobrar e sair da brincadeira. Tira-se uma cadeira e a dança recomeça. Vence quem conseguir sentar-se na última cadeira.

Derruba latas (1):
Sobre uma mesa, coloca-se latas vazias de refrigerante. Faz-se uma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante recebe três bolinhas, para fazer três tentativas. O coordenador anota o número de latas derrubadas em cada tentativa. Vence quem derrubar mais latas.
Derruba latas (2): Sobre uma mesa, coloca-se latas vazias, encapadas com papel colorido e numeradas. Faz-se uma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante joga uma única vez. O coordenador anota o número de pontos, somando os números das latas derrubadas. Vence quem fizer mais pontos.
Jogo das argolas: Enche-se com água garrafas de refrigerante (plásticas e grandes) e aperta-se bem as tampas. Arruma-se as garrafas no chão com pelo menos um palmo de distância entre elas. Faz-se uma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante recebe cinco argolas (ou pulseiras), para fazer cinco tentativas. Vence quem acertar mais argolas nos gargalos das garrafas.
Jogo do bicho ou Rabo do burro: Desenhe um animal de costas ou de lado numa cartolina e prenda numa parede. Cada participante deve receber uma etiqueta autocolante grande (já destacada). De olhos vendados, deve caminhar até o desenho e colar o rabo do animal. Quem colocar o rabo mais próximo do local correto é o vencedor.
Jogo do bigode: Desenhe numa cartolina um rosto masculino e prenda numa parede. Cada participante deve receber, em cada mão, uma etiqueta autocolante de tamanho médio (já destacada). De olhos vendados, deve caminhar até o desenho e colar os dois lados do bigode. Quem colocar o bigode mais próximo do local correto é o vencedor.
Pesca da maçã: Sobre uma mesa, coloca-se uma bacia com água* e maçãs boiando. Cada participante deve colocar as mãos nas costas e inclinar-se sobre a bacia e morder uma maçã. Quem conseguir ganha um brinde. (*De preferência, usar água filtrada)
Pescaria (1): Recorte muitos peixes em cartolina colorida. Faça um corte no lugar da boca do peixe e prenda um clipe ali (parecerá uma argola). Faça varas de pescar amarrando um barbante em cada vareta. Depois, na outra ponta do barbante amarre um outro clipe aberto na lateral. O clipe quando aberto tem o formato de gancho, como um anzol. Espete os peixes numa grande bacia com areia. Vence quem pescar mais peixes.

Pescaria (2):
Recorte peixes em cartolina e numere-os. Faça um corte no lugar da boca do peixe e prenda um clipe ali (parecerá uma argola). Faça varas de pescar amarrando um barbante em cada vareta. Depois, na outra ponta do barbante amarre um outro clipe aberto na lateral. O clipe quando aberto tem o formato de gancho, como um anzol. Espete os peixes numa grande bacia com areia. Ganha um brinde quem pescar o peixe com o número de maior valor.
Correio-elegante: É o serviço de entrega de bilhetes durante a festa. Quando não estiver entregando bilhetes, o entregador passeia pela festa, oferecendo o serviço de correio. A mensagem é escrita num cartão ou papel colorido. Se a festa for grande, o correio pode ficar numa mesa, onde os cartões são escritos por uma pessoa e entregues por outra. Para facilitar, pode-se levar alguns cartões prontos, com quadrinhas amorosas ou engraçadas.
Fonte: www.lendorelendogabi.com e Retirado de : http://coxixo.com.br/

Análise de trecho do conto A Bela adormecida


Leia o início do conto A Bela Adormecida.

Conta-se que, num tempo muito antigo, havia um rei e uma rainha que queriam muito ter um filho. Quando a princesa Aurora nasceu, a alegria foi tanta que convidaram todas as pessoas do reino e as fadas para uma grande festa. Cada fada presenteou a princesa com um dom: beleza, bondade, alegria,inteligência e amor.
Conto adaptado por
Marisa Sanchez.
a)  Quando acontece a história?

b)  Que personagens aparecem no trecho?

      c) Qual expressão costuma aparecer no desfecho desse tipo de conto?
(   )Era uma vez
(   ) Isso foi há muito tempo
(   )E foram felizes para sempre.

    d) Qual é o objetivo do leitor ao ler esse texto?
(  ) Reunir informações sobre a vida de Aurora.
(  )Emocionar-se com uma história cheia de magia.

5) Circule no texto, palavras que tornam o texto bem escrito e copie-as aqui, justificando porque você achou que elas são bem escritas.
.

ONOMATOPEIA







                                                                         
A) Explique a fala de Cebolinha.
b) Copie a onomatopeia dessa tira.
c) Explique o que ela significa.

Google+ Followers