e

pass

terça-feira, 5 de abril de 2011

Perguntas e respostas sobre dislexia e dificuldades de aprendizagem

Ponto de Apoio
Perguntas e Respostas
A avaliação é importante?
Tratamento O que é?
E porque um diagnóstico multidisciplinar e de exclusão?
O disléxico precisará sempre de suporte e/ou acompanhamento profissional?
Provas e Exames
Critérios para avaliação diferenciada nas provas podem ser solicitados com a apresentação de laudo.
Veja mais
Há algum método ou linha eficaz?
Qual a idade ideal para se fazer um diagnóstico?
Como é feito o diagnóstico na ABD?
O que é preciso para se fazer uma avaliação na ABD?
Qual o custo do atendimento da ABD?
O que a ABD oferece?
Como é feito o ATENDIMENTO SÓCIO ECONÕMICO

A avaliação é importante?
Sim, muito importante. Ela é fundamental para entender o que está acontecendo com o indivíduo que apresenta sintomas de distúrbio de aprendizagem. Além do que, é pela avaliação multidisciplinar que se tem condições de um encaminhamento adequado a cada caso, considerando as várias possibilidades, inclusive de manifestação da própria dislexia. topo


E porque um diagnóstico multidisciplinar e de exclusão?
Somente um diagnóstico multidisciplinar pode identificar com precisão o que está ocorrendo. Os distúrbios de leitura e escrita são os fatores de maior incidência em sala de aula, mas nem todos têm uma causa comum. Embora a dislexia seja o maior índice, outros fatores também podem causar os mesmos sintomas; distúrbios psicológicos, neurológicos, oftalmológicos, etc.
Uma equipe multidisciplinar analisa o indivíduo como um todo, verificando todas as possibilidades. Não se parte da dislexia, mas se chega à dislexia, excluindo qualquer outra possibilidade. Por outro lado, se um outro fator for confirmado, o encaminhamento também se dará de modo que o avaliado possa ter um acompanhamento adequado.
Com relação à dislexia ocorre o mesmo; são considerados os inúmeros fatores e as características de cada paciente, para se fazer um encaminhamento adequado a cada caso. Na ABD, um relatório é entregue ao paciente ou responsável (no caso de menores) e este relatório deve ser apresentado ao profissional que fará o acompanhamento, permitindo a este, adotando a linha que mais lhe convier, direcionar imediatamente suas intervenções, alcançando assim resultados mais eficazes em menor tempo.topo


O disléxico precisará sempre de suporte e/ou acompanhamento profissional?
Uma pessoa disléxica sempre será um disléxico, não podemos alterar esse fato, mas com acompanhamento adequado, mediante uma avaliação adequada, o disléxico evoluirá de forma consistente em seu acompanhamento até obter alta. Esse tempo de acompanhamento vai variar de disléxico para disléxico, além do que temos que considerar os diferentes graus da dislexia (leve, moderado e severo). Ele pode variar de dois a cinco anos. Embora esse tempo seja considerado longo para algumas pessoas, desde o princípio do acompanhamento o próprio disléxico, como os familiares e a escola poderão notar as mudanças, o que vai ser altamente positivo para sua vida acadêmica,familiar, social e profissional.
Observação: Se não forem sentidas mudanças significativas no primeiro ano de acompanhamento (vamos considerar um tempo de entrosamento entre profissional e paciente e ainda de entrosamento com o próprio tratamento), entre em contato com membros da equipe que realizou o diagnóstico. Verifique se o relatório foi redigido adequadamente e se este está sendo considerado para elaborar o plano de acompanhamento. Deve-se lembrar sempre, que o disléxico tem uma dificuldade, não uma impossibilidade. Devidamente acompanhado ele vai paulatinamente superando ou contornando suas dificuldades.topo


Há algum método ou linha eficaz?
Não há nenhuma linha de tratamento que seja considerada ‘’a melhor’’ ou ‘’a única’’. O importante é a aceitação e adaptação do próprio disléxico à linha adotada pelo profissional. O que podemos dizer é que como a principal característica dos disléxicos é a dificuldade da relação entre a letra e o som (Fonema -Grafema), na terapia deverá ser enfatizado o método Fônico. Deve-se também treinar a memória imediata a percepção visual e auditiva. É sugerido que se adote o método multissensorial, cumulativo e sistemático. Ou seja, deve-se utilizar ao máximo todos os sentidos. Um exemplo básico é poder ler e ouvir enquanto se escreve. O disléxico assimila muito bem tudo que é vivenciado concretamente.topo


Qual a idade ideal para se fazer um diagnóstico?
Qualquer idade, sendo adulto ou jovem terá atendimento adequado a sua faixa etária. Muitas vezes, antes do primeiro ano de alfabetização, poderá acorrer um ‘’quadro de risco’’, ou seja, poderá não ser confirmada a dislexia, mas também não se descartam outros fatores. Podemos sugerir um acompanhamento adequado e fazer uma observação mais cuidadosa, até podermos diagnosticar com precisão após a alfabetização se há, de fato, a presença de um quadro de dislexia.topo


Como é feito o diagnóstico na ABD?
O diagnóstico é multidisciplinar de exclusão. A ABD conta com uma equipe de profissionais das áreas de Fonoaudiologia, Psicologia, e Psicopedagogia. As equipes estão preparadas para o diagnóstico diferencial dos distúrbios de aprendizagem e não se fecham em si mesmas. Havendo necessidade, há encaminhamento para outros profissionais, para pareceres quanto à possibilidade de ocorrência de outros fatores.

Para quem mora em São Paulo, capital ou regiões próximas como Guarulhos e ABC, são ao todo dez consultas: uma primeira entrevista com os pais (anamnese), onde estes receberão um questionário para responder em família; no caso de crianças e adolescentes estes também receberão um questionário para responder individualmente. Também pede-se audiometria e exame oftalmológico. Os locais para esses exames podem ser indicados pela ABD, ou feito em locais onde o convênio do paciente cubra as despesas. Após a primeira entrevista com os pais ou responsável, inicia-se a avaliação com a criança, sendo quatro consultas com a Psicóloga e três com a Fonoaudióloga e Psicopedagoga Clinica. Durante o diagnóstico está inclusa uma sessão de Arteterapia. Depois de realizadas todas as sessões e entregues todos os questionários e exames pedidos, a equipe se reúne junto a Coordenadora Técnica e Cientifica da ABD para o estudo do caso e fechamento do diagnóstico. É marcada uma última entrevista , para a devolutiva. O relatório contém os resultados dos testes aplicados e observações dos profissionais com conclusão e encaminhamento.

Para pessoas que moram no interior de São Paulo ou em outras cidades do Brasil, todo procedimento para a avaliação será feito em até 3 (três) dias não consecutivos. Para isso, todos os questionários aplicados na avaliação de crianças e adultos, assim como os pedidos e modelos de exame oftalmológico e de audiometria serão enviados por correio ou e-mail pela ABD para que sejam entregues no dia dos testes. A parte final da avaliação, relativa ao comunicado do resultado, é feita no mesmo dia, porém, o laudo impresso que contém os resultados dos testes aplicados e observações dos profissionais com conclusão será enviado por correio no prazo de 15 dias. Informações mais detalhadas por contato telefônico. topo


O que é preciso para se fazer uma avaliação na ABD?
Marcar uma primeira entrevista pelos telefones (11) 3231-3296 * (11) 3258-7568 * (11) 3207-0809. Não é preciso encaminhamento, e os pais podem entrar em contato diretamente com a ABD. Caso haja encaminhamento, por parte de profissional ou escola, recomenda-se que seja feito através de um pequeno relatório ou histórico contendo os motivos da indicação. Mesmo assim, os pais é que devem entrar em contato para agendar a primeira consulta.topo


Qual o custo do atendimento da ABD?
A ABD é uma entidade sem fins lucrativos e cobra parte de seus serviços e atividades para poder manter a entidade em funcionamento. topo


O que a ABD oferece?
Orientação direcionada a cada caso.
Atendimento a pais, familiares, escolas, profissionais clínicos, imprensa, órgãos públicos e toda a comunidade.
Curso de Formação em Dislexia, dirigido a profissionais, que ocorre anualmente focando a questão multidisciplinar e abordando os seguintes temas: Evolução do ser humano, Avaliação, Diagnóstico e Acompanhamento pós-diagnóstico e Inclusão do Disléxico na escola.
Simpósio Nacional a cada dois anos.
Simpósio Internacional – Dislexia, Cognição e Aprendizagem.
Encontros com disléxicos e reunião com pais.
Palestras em Escolas, Faculdades, Comunidades, Clinicas, etc.
Palestras para professores da Rede Pública de Ensino.
Outras palestras diversificadas conforme áreas de interesse.
CAE - Centro de Avaliação e Encaminhamento.
Diagnóstico multidisciplinar de Exclusão.
Encaminhamento adequado a cada caso atendido.
Tratamento para Distúrbios de Aprendizagem e Dislexia.
Cadastro de profissionais e clínicas especializadas.
Biblioteca para consulta.
Acesso a livros selecionados e materiais relacionados com distúrbios de aprendizagem.
Desenvolvimento de pesquisas cientificas e estudos quanto à incidência e forma da dislexia no Brasil.
topo

Atendimento Sócio-Econômico
“A ABD cumprindo os objetivos do Estatuto Social na condição de organização não governamental atende gratuitamente pessoas com sinais de dislexia, que comprovem ausência de recursos para custear a avaliação multidisciplinar. Desta forma elaborou norma para aperfeiçoar o atendimento das pessoas desta classe sócio-econômica.”

* Serão atendidos conforme as normas do CTAS - Centro de Triagem e Assistencia Social somente:
- Alunos da Rede Pública de Ensino da capital e grande São Paulo.
- Com idade entre 6 e 18 anos,
- Que estejam cursando o Ensino Fundamental e Ensino Médio,
- Que comprovem situação de ausência de recursos.

Os pais ou responsáveis devem comparecer à ABD às terças-feiras das 8h às 12h.
Apresentando os seguintes documentos :
1- Encaminhamento da Escola, feito em papel timbrado oficial, assinado e carimbado pela Coordenação Escolar, relatando sumariamente o motivo do encaminhamento.
2- Comprovante de gastos mensais: contas de água, luz, aluguel, telefones fixo e celular.
3- Comprovante de renda, holerite ou declaração com o valor recebido mensalmente.
4- Xerox do ultimo registro da carteira de trabalho
5- Xerox dos documentos dos pais
5- Xerox do documento da criança
6- Xerox do Exame do pezinho
7- Telefones de contato

Esta documentação será analisada pelo CASP – Centro de Atendimento Social e Pesquisa da ABD. Após análise, o responsável pelo menor será comunicado da aprovação ou não.

Informamos que há fila de espera para este atendimento.

fonte: ADB( http://www.dislexia.org.br/(

0 comentários :

Postar um comentário

shoptime

shoptime

shoptime